terça-feira, 19 de maio de 2015

Descubra os queijos de cabra e aprenda a usá-los no dia a dia


Fonte:http://comidasebebidas.uol.com.br/noticias/redacao/2015/05/19/descubra-os-queijos-de-cabra-e-aprenda-a-usa-los-no-dia-a-dia.htm

Quem já provou leite de cabra notou a riqueza e a peculiaridade do sabor –impossível de ser disfarçado. Os queijos feitos com ele não poderiam seguir outro caminho. Com sua cor branca pura, podem ser cremosos, quebradiços, macios, resistentes.

Do ponto de vista nutricional, possuem menos colesterol, menos lactose e menos proteínas do que os laticínios de vaca e, por isso mesmo, são mais tolerados pelo organismo. Vale guardá-los bem embalados na geladeira, de preferência na gaveta de legumes, e retirá-los uma hora antes de serem degustados (assim se obtém o melhor da textura e do aroma).

Na hora de harmonizá-lo, dê preferência a vinhos brancos. E anote: castanhas em geral, mel, frutas secas e geleias como a de maracujá são igualmente bons companheiros desses queijinhos.

Bruno Cabral, da Mercearia Mestre-Queijeiro, especializou-se na produção de queijos artesanais na Espanha e, no Brasil, colocou o conhecimento em prática: "Faz pouco tempo que se fabrica queijo de cabra por aqui, portanto a produção ainda é limitada. As pessoas estão começando a conhecer mais, a compará-lo com o de vaca, que tem maior variedade no mercado. Ele agrada aos que gostam de cremosidade e os que apreciam diferentes tipos de queijo", comenta.

Heloisa Collins, por sua vez, é uma das únicas produtoras de queijo de cabra reconhecida pela inspeção sanitária do Governo de São Paulo. Há 20 anos ela começou os primeiros testes, servindo para amigos e para a família e, desde 2009, mantém o Capril do Bosque. Em Joanópolis, a cerca de uma hora de São Paulo, ela prepara oito tipos de queijos caprinos e os serve em receitas e degustações num bistrô familiar.

Com produtos disponíveis no novíssimo Eataly, assim como em restaurantes celebrados da capital paulista – caso do Tuju, do Fasano, do Attimo e do Carlota, entre outros, ela afirma: "O queijo de cabra pode ter sabores e consistências distintas e ser usado em tudo que é tipo de receita: do pão de queijo a cheesecake, passando por risotos, saladas, tortas e tartines", garante Heloisa. Conheça os mais famosos:

Queijos caprinos que você precisa conhecer
  • Getty Images
    Feta
    O nome dado no século 17 ao queijo coalhado em salmoura na Grécia tradicionalmente feito de leite de cabra ou de ovelha. Com tomate, pepino, azeitona e cebola é um dos ingredientes da salada grega.Foto: Getty Images
  • Getty Images/Thomas Ramsauer
    Bûche
    Ou tronco. Feito com leite integral e creme de leite caprino. Seu interior tem cor marfim e sua consistência é fina e compacta. Por derreter bem é usado em torradinhas (como as que acompanham a clássica salada a ?chèvre chaude?), tortas e até pizzas.Foto: Getty Images/Thomas Ramsauer
  • Getty Images
    Cendré
    Antigamente era coberto por cinzas (?cendre?, em francês) para afastar insetos e para evitar que um queijo grudasse no outro na estocagem. Hoje utiliza-se o carvão vegetal, que ajuda na drenagem do queijo, na formação da crosta e ainda dá um toque defumado.Foto: Getty Images
  • Getty Images
    Boursin
    Fresco e pastoso, graças ao acréscimo de creme de leite de cabra. Pode ser conservado em azeite e vai bem se misturado a ervas, especiarias, frutas e geleias.Foto: Getty Images
  • Getty Images
    Camembert de Chèvre
    Tem massa mole, sabor suave e ligeiro aroma de cogumelos, que vem da crosta branca. Seu nome correto é "chèvre-boîte" ou brique. Na França é apreciado ao fim da refeição, em temperatura ambiente, mas também pode ir ao forno com geleia e dar origem a brusquetas.Foto: Getty Images