quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

Cientista australiano diz ter achado fórmula mais saudável de vinho tinto

Todas as quinta-feiras o blog Oinos sem mistério homenageia o extinto blog Sabores e Música relembrando matérias boas e de fontes confiáveis. Confira esse post de hoje postada pelo canal G1 da globo:



Um cientista australiano afirma ter descoberto uma fórmula de vinho tinto que concentra o maior número de benefícios para a saúde, sem alterar a qualidade nem o sabor do produto.

"Buscamos esse antioxidante presente no vinho em pequenas quantidades, e o elevamos a um nível para que tivesse efeito sobre a saúde", explicou o bioquímico Greg Jardine, de Brisbane, no estado de Queensland, leste da Austrália.

Com essas alterações, segundo o autor, a bebida pode atuar como anti-inflamatório e no combate a doenças como artrite e fadiga crônica. Mas introduzir antioxidantes no vinho faz com que não seja possível consumi-lo, por causa de seu alto índice de taninos – substâncias encontradas em plantas. Modificando esses componentes para que eles se tornem lipossolúveis (solúveis em gorduras) e mais bem assimilados pelo corpo, o cientista assegura conseguir deixar o líquido potável.

Esse vinho especial é produzido de acordo com as tradições, mas acentuando-se o processo em algumas das etapas, explicou Jardine. "Não foi feito nada diferente no preparo", declarou o bioquímico, que qualificou a bebida como "puro vinho tinto". "Essa tecnologia do polifenol modificado poderia ser usada na elaboração de outras bebidas e alimentos", destacou Jardine.

Lindsay Brown, farmacologista da Universidade do Sul de Queensland, experimentou o processo, que pareceu melhorar a saúde de ratos paralisados pela artrite. "Ele impede completamente a inflamação, o inchaço e a rigidez das patas", declarou.

Mas, como muitos de seus colegas, a farmacologista adverte os perigos de considerar o vinho como medicamento. "Essa é uma bebida consumida por boa parte da população. O problema é as pessoas acreditarem que vão poder tomar uma engarrafa por dia."

Vários estudos epidemiológicos anteriores demonstraram que beber vinho tinto com moderação reduz o risco de doenças cardiovasculares e faz bem para as articulações.

Fonte: http://g1.globo.com/bemestar/noticia/2013/01/cientista-australiano-diz-ter-achado-formula-do-vinho-tinto-mais-saudavel.html

Saudações vínicas!