sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Mau serviço , más sugestões , falta de educação e como escolher um azeite?

Caros Amigos 



 Como Sempre Inicio  este artigo na companhia do meu fiel amigo " Vinho"   ... o som de hoje é a minha amiga Mariza que canta divinamente um tema de Amália Rodrigues " Ó gente da minha Terra" É o meu momento de paz e reflexão depois de um dia agitado ... Aconselho a que tomem vinho ao invés daqueles comprimidos " Faixa Preta" - Uma amiga minha enfermeira deve estar rindo por conta destas palavras ! Concordo contigo Cecilia...  O vinho sem duvida é um grande remédio desde que a gente não abuse.  
Ao colocar  um gole deste magnifico vinho vêm-me á memoria  tantas e tantas coisas , viagens , palavras pessoas que vão e ficam ...  Mas falando do tema " AZEITE"  

Me lembrei que á uns dias fui almoçar  num restaurante conhecido ... Perguntei ao Garçom se tinha Azeite, o rapaz trouxe uma garrafa de azeite linda mas para minha tristeza o Azeite que vinha dentro daquela garrafa não correspondia ao que o rotulo indicava!! "Para mal dos meus pecados"  o azeite em questão não era de qualidade, estragou o meu rico peixe. Isto é Grave e ainda se torna mais grave quando o funcionário me responde " Sr. esse azeite ainda é melhor que o que vinha nessa garrafa pois é 0,2º de acidez e o outro era 0,5º .  Isto é o cumulo ! 


Caros amigos me ofereceram um azeite Refinado o que quer dizer que tem tudo menos sabor de azeite. Informo ao meu colega que   posso estar perante a um azeite 0,2º de muito má qualidade .... 
Aproveito este exemplo para escrever que é lamentável que os restaurantes  e empresas que trabalham com  pessoas e produtos ligados á saúde,  cultura e historia  (como é o caso do vinho e azeite) , não aprendam  de uma vez por todas que uma das maiores qualidades dos seus funcionários chama-se cultura. 


APROVEITO PARA MOSTRAR O MEU DESCONTENTAMENTO NUM FATO :


 NINGUÉM APOSTA NA EDUCAÇÃO E TODOS SE QUEIXAM QUE NÃO EXISTE PROFISSIONAIS!  É LAMENTÁVEL QUE EMPRESAS ANDEM A PAGAR "TAXAS" A FUNCIONÁRIOS somente para vender ... Funcionário esse  QUE TEM POR OBRIGAÇÃO FAZER O SEU TRABALHO COM AMOR . É grave que um técnico ligado ao serviço num restaurante faça como primeira questão a um importador " Quanto é que eu Ganho para vender esse produto"! 
meus amigos apostem na educação e façam dela a vossa maior Arma de marketing ou vendas.
Anda tudo Louco ... 
Um dia apresentei  a um produtor um projeto focado na educação vínica e tive uma resposta linda " ISSO DA EDUCAÇÃO  NÃO È IMPORTANTE"  o importante é vender ...
Meus amigos quando vão assumir a responsabilidade social de educar quem vende produtos tão nobres como Azeite e vinho. já agora fica o aviso para queles que me dizem muitas vezes ... "Não senhor , nós já damos formação " que formação ? eu me canso de ver apresentações puramente comerciais por "Robots" que decoram a ficha técnica de um produto e que muitas das vezes não tem qualquer experienciar para falar do tema ... E ai vimos cada vez mais os restaurantes evitando as chamadas formações " e cada vez vimos mais coisa do tipo ... se vender tanto eu ofereço um "Micro ondas " ou uma viagem á Jamaica ! 


Podiam oferecer um livro de Azeite ou um livro de vinho , porque não oferecem um curso sério á quem precisa ? 


Teríamos "Pano para mangas" neste tema  pois a culpa é repartida por todos , profissionais que não querem aprender, importadores, logistas, restaurantes e produtores etc . etc. etc  




Aqui ficam umas dicas de como escolher um azeite: 





O que é Azeite ?




é uma gordura obtida a partir do fruto da oliveira através de processos exclusivamente físicos, (pressão ou centrifugação) sem qualquer produto químico.

O que é  AZEITE VIRGEM ?

Gordura extraída, de azeitonas sãs, através de processos exclusivamente mecânicos 
(centrifugação, pressão, percolação) sem qualquer produto químico e, embalado directamente.
Se embalado com acidez não superior a 2% denomina-se simplesmente AZEITE VIRGEM.

Se a acidez for ainda inferior a 0.8% denomina-se AZEITE VIRGEM EXTRA. 




O que é o AZEITE (não virgem)?

Gordura constituída pela mistura de Azeite Refinado com
 Azeite Virgem.


Devido à utilização de azeitonas atacadas de pragas, 
doenças ou danos mecânicos,   o   azeite   delas
   extraído   necessita   de   ser   purificado artificialmente
 pela Refinação, a fim de lhe retirar a acidez excessiva 
com produtos   químicos   ou   por   destilação,   retirar 
  a   cor   escura   com descorantes, retirar as impurezas e os maus cheiros.

Porque o azeite após a refinação, fica sem sabor, sem cheiro e sem cor, a este adiciona-se algum Azeite Virgem para lhe conferir sabor, aroma e cor.






Sabor do Azeite

QUE SABOR DEVE TER O 'AZEITE VIRGEM'?

    Os ácidos orgânicos componentes das gorduras não têm sabor, nem cheiro nem cor, pelo
 que estas características têm origem na polpa da azeitona. Assim o sabor do Azeite Virgem
corresponde ao sabor da azeitona original e pode ter, conforme a variedade da azeitona e o 
seu estado de maturação, sabores conhecidos como maçã e outros frutos frescos, erva fresca,
 folha verde, ou amêndoa e outros frutos secos).


QUE SABOR NÃO DEVE TER O 'AZEITE VIRGEM'?

     Os defeitos mais comuns do Azeite Virgem são a Tulha', sabor desagradável a 

fermentado, motivado pelo armazenamento prolongado e sem ar dos frutos; e o ranço que 

deriva do contacto exagerado com o ar, do Azeite extraído de azeitonas que não estão sadias 


TIPOS E DENOMINAÇÕES DO AZEITE

D.O.P.' denominação de origem protegida

Azeite Virgem com características histórico-culturais, de processamento, físico-químicas e 
organolépticas próprias de determinada região. É obrigatoriamente extraído e embalado na 
região de origem das azeitonas. As DOPs são geridas pelo Agrupamento de Produtores da 
região e controladas e certificadas pelo Organismo Privado de Controlo e Certificação, ambos
 reconhecidos pela Comunidade Europeia.

Biológico

Azeite Virgem extraído a partir de frutos cujo modo de produção não utiliza fertilizantes nem 
tratamentos químicos. O modo de produção orgânico utilizado tem como objectivo a 
preservação da biodiversidade da fauna e flora envolvente.



TIPOS E DENOMINAÇÕES DO AZEITE


Extraído a baixa temperatura ou a frio

Azeite Virgem extraído com temperaturas suficientemente baixas (< 27a) para preservar os 
compostos voláteis presentes na polpa do fruto e responsáveis pelo aroma e sabor do azeite.

1ª pressão ou "1ª extração

Azeite virgem extraído sob uma força de prensagem suficientemente baixa ou apenas uma 
centrifugação, para não arrastar compostos desagradáveis presentes na polpa e no caroço do
 fruto.
.
sabor ou colheita precoce

Azeite Virgem com aroma intenso, predominantemente verde, por vezes amargo e/ou picante,
 determinado pela utilização de frutos pouco maduros.

suave ou colheita tardia

Azeite Virgem obtido de frutos que, devido ao seu estado adiantado de maturação, conferem 
ao azeite aromas aveludados com amargo e/ou picantes muito ténues ou inexistentes.


Provem bom Azeite 

Saúde

Jose Carlos Santanita